Com o fim da “Era Cubana” Galinhos será contemplada com o Programa Mais Médicos do Governo Federal

A chegada dos benefícios do Governo Federal a Galinhos estão só começando. O fim da “era cubana” que visava manter a ditadura em Cuba e pagava micharias aos médicos cubanos acabou. O governo Bolsonaro agiu rapidamente e conseguiu concluir o processo com o registro de brasileiros formados no exterior que declararam interesse em atuar no Mais Médicos.

“Eles receberão seus salários de forma integral e terão a liberdade necessária para uma vida digna. A resposta para quem torce contra o Brasil é o trabalho. Vamos em frente”, afirmou Bolsonaro.

O presidente ainda criticou a ditadura Cubana em relação às declarações feitas a respeito das condições impostas aos profissionais de saúde cubanos que atuavam no país e alertou que milhões de pessoas poderiam ter ficado sem atendimento. “Meses atrás exigimos que a ditadura cubana revisse as regras impostas aos profissionais cubanos participantes do Mais Médicos, que recebiam apenas uma pequena parte de seus salários e não tinham liberdade para ver seus familiares.”

No ultimo pleito, onde um grupo em Galinhos que apoiou a Campanha do PT encabeçada pelo atual prefeito, espalharam boatos que, se eleito, o governo do “Bozo” iria acabar com o Programa “Mais Médicos”. Lembra?

Pois bem, para a alegria da população de Galinhos, a cidade será contemplada com a nova cara do Programa Mais Médicos do Governo Federal..
O Ministério da Saúde divulgou através da Portaria n°01, de 05 de junho de 2019, a relação dos entes federados que celebraram o Termo de Compromisso de Renovação e/ou adesão aos Programas de Provisão de Médicos.
.
Após a adesão, o município de Galinhos receberá o profissional deste programa, que vai colaborar com a saúde da cidade que busca por ajuda.

A previsão é de que o profissional se apresente no final deste mês e comece a atender no mês de julho.

A população de Galinhos agradece ao Governo Bolsonaro por mais essa vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.